FALE CONOSCO 11 3291-5050
info@abat.adv.br
ASSOCIE-SE
Loja Virtual

Cadastre-se e receba gratuitamente nosso Informativo ABAT por 10 dias

Clique aqui para se cadastrar

Não Há Previsão De Aumento De Impostos Em 2018, Diz Meirelles

Ministro afirmou que Orçamento é “sustentável” e que reforma da Previdência “não está sepultada”

ESTADÃO CONTEÚDO

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira, 21, que não há previsão de aumento de impostos este ano e que o Orçamento do País é “sustentável e equilibrado”. Em entrevista à radio Bandeirantes, ele declarou que a reforma da Previdência “não está sepultada” e será votada tão logo a intervenção federal no Rio de Janeiro seja encerrada.

Perguntado pelos ouvintes da rádio se defende a volta da CPMF, Meirelles ressaltou que, no momento, não há a necessidade de trazer este tributo de volta.

O ministro falou que o corte de despesas do governo é “forte” e há um controle rígido dos gastos. Ele ressaltou, porém, que grande parte das despesas do Orçamento não é definida pelo governo, pois muitas são rígidas e atreladas à Constituição, como os gastos previdenciários.

Meirelles ressaltou que o déficit da Previdência vai crescendo a cada ano e daqui a dez anos vai ocupar 80% do orçamento do governo, sobrando pouco para outros gastos, como educação e saúde.

“Não é uma questão de, se será feita, mas quando será feita”, disse o ministro ao falar sobre a perspectiva para a reforma previdenciária. Ele ressaltou que caso nada seja feito, o País pode ficar como a Grécia. “Se não houver reforma, os brasileiros não vão receber suas aposentadorias.”

A reforma da Previdência, ressaltou Meirelles, tem efeito a médio prazo e vai garantir que não se eleve impostos no futuro. “Minha ideia é fazer a reforma para não ter de aumentar impostos”, disse ele.

Intervenção

A intervenção no Rio, afirmou o ministro, era “absolutamente necessária” e relatou que, “uma das evidências disso é que crianças, senhoras e jovens vinham sendo alvos de balas perdidas”. “O País não pode conviver com uma situação desse tipo”, disse, ressaltando que houve escalada da violência no Carnaval e, por isso, o momento da decisão sobre a intervenção foi adequada.

Acesso em:https://www.dci.com.br/economia/n-o-ha-previs-o-de-aumento-de-impostos-em-2018-diz-meirelles-1.685299

Para acessar outras notícias, comentários sobre legislação e  jurisprudência, teses tributárias, artigos, opiniões, entrevistas e para receber a resenha de legislação e jurisprudência da Cenofisco  associe-se à ABAT.

Clique aqui para conhecer os planos de associação.

Tel.: (11) 3291-5050

info@abat.adv.br